Constantemente ouvimos a pergunta: Quem posta as fotos no Instagram? E quem escreve no blog? Como sabem o Marcos e eu, além de administrar e criar conteúdo para o blog, temos as nossas próprias empresas, ele a Aerogami, e eu o studio kaju.ink. Portanto, diariamente dividimos as horas entre elas, os afazeres de casa e o comTijolo. Ah! E claro que no meio disso tudo temos um tempinho para nós também.

Não temos muitas regras do que postar em que horário. E também não somos supersticiosos. Por experiência e estudo sabemos os horários que tem maior audiência no público, mas as coisas correm mais orgânicas.

No ano passado me carreguei de projetos e trabalhos para conseguirmos nos ajustar à vida a dois aqui no apê. Por isso acabei passando muito tempo na rua e o Marcos, com a agenda mais flexível, acabava se dedicando mais ao comTijolo. Este ano as coisas se inverteram um pouco, pois a Aerogami tem agora sua base no co-working chamado Osmose. Ele sai cedo e volta no começo da noite e eu estou tentando trabalhar mais do studio. A administração do tempo fica mais flexível em minhas mãos e busco criar mais conteúdo para o blog. A nossa comunicação, mesmo sendo à distância agora nos permite dar ideias e sugestões o tempo todo.

Mesmo com estas pequenas mudanças no cotidiano temos as tarefas de casa bem divididas e seguimos com o que naturalmente aconteceu ao longo do ano passado. O Marcos começou a cozinhar e registrar isto. Sucos, sopas e pães estão virando suas especialidades. Eu virei cobaia com um grande sorriso no rosto e não coloco a minha mão nestes assuntos. As plantas também são o seu departamento. Quando morava com os pais nunca cuidava das plantas que tinham por lá, a não ser a Leia, uma árvore que ele comprou há uns três anos atrás e que vivia em sua varanda. Logo que mudamos era claro que teríamos uma horta, que logo foi se multiplicando e tomando conta de todos os cômodos da casa. Ele revelou ter um dedo verde. É curioso sobre o assunto e por isso pesquisa intensamente as espécies, seus cuidados e as pragas que podem aparecer. As poucas vezes que tentei cuidar das plantas o resultado não foi muito positivo. Tive a proeza de deixar um cactus morrer de sede e afogar uma orquídea. (ops!) Toda a produção de móveis, famoso #carambaumacaçamba , também sai das mãos do Marcos. Por ele ter estudado desenho industrial, com foco em produto, ele tem uma facilidade com maquinários e claro, é mais forte do que eu. As minhas áreas são outras, as refeições do cotidiano, os cuidados com as roupas e tudo que está ligado a fazer um pouco de arte, seja pintando uma parede, um objeto, um diy de menor escala ou arrumando os detalhes de decoração na casa. Sim, sou detalhista pela leveza, claridade e para deixar tudo em seu devido lugar. Gosto das coisas arrumadas, limpas e organizadas, e, embora o Marcos seja ótimo com isso também, ele brinca que o dia que ele estiver sentado no lugar errado, eu jogo ele fora. Também não é assim… (mas quase!)

Temos uma divisão natural de interesses e afazeres, mas isto não impede que um fale do, ou pelo outro. Muitas vezes, dependendo da disponibilidade de cada um, nos passamos um pelo o outro também (ops!). Mas claro, se prestarem bem atenção, como disse a nossa amiga Lilla, é muito fácil identificar quem posta o que. O Marcos tem um tom mais formal, mais poeta, mais romântico, e eu, por outro lado, ainda aprendendo a escrever, tenho uma linguagem mais simples e direta. Mas no final das contas, não importa muito não é? Um aqui ou o outro ali, somos duas pessoas vivendo juntas, com cotidianos que se cruzam e interesses e personalidades que se complementam.