O terceiro passo para aumentar a produtividade em busca de seus objetivos de vida, talvez seja o mais difícil para qualquer indivíduo: ser constante. Constância envolve a danada da rotina, e eu não conheço ninguém, além de Forrest Gump, que a considere sua melhor amiga: nós queremos sempre algo a mais e algo diferente. É fato, contudo, que para todos nós que temos metas a alcançar, a rotina acaba se tornando nossa maior parceira. Para solucionar este impasse, me parece que a motivação, vulgo a amante ardente por trás da implementação da tal rotina, esteja sempre presente. Estou falando de uma vontade e garra tão fortes quanto as da nossa vitoriosa seleção masculina de vôlei do Brasil. E que a sua melhor amiga, a parceira e a amante, estejam conscientes de sua co-existência para trabalharem juntas na sua satisfação.

Constância é uma das qualidades mais raras e admiráveis em uma pessoa. Desde garoto divago sobre este assunto e talvez seja por isso que, Forrest Gump, o contador de histórias, seja um dos meus filmes favoritos. O personagem vivido por Tom Hanks, é a constância em pessoa. Seja virando campeão mundial de ping-pong, criando uma empresa multibilionária de comércio de alimentos à base de camarão, correndo pelo mundo, liderando revoluções políticas ou buscando seu verdadeiro amor, Forrest é um exemplo de persistência cega, frequentemente sem motivos aparentes, simplesmente porque ele “sentiu vontade.” Ao mesmo tempo, suas rotinas repetitivas eram interrompidas abruptamente, porque não queria mais fazer aquilo. Faltava para Forrest, uma razão, um objetivo, um sonho para almejar e conquistar. Ele simplesmente vivia intensamente. Apesar de romântica, trata-se de uma história trágica em muitos aspectos, que aborda um personagem sem objetivos de vida e consequentemente, sem consquistas aparentes.

São poucas as pessoas que amam a própria rotina. Claro, é compreensível que uma sequência ordenada de afazeres repetidos diariamente não faça todos nós, seres humanos inconstantes, pularmos de alegria. Mas, como já sabemos, só a repetição traz a perfeição, e isso vale para qualquer habilidade que queremos aprender. Lutar esgrima, assar um pão, desenhar uma pessoa, escrever um texto, tocar um jazz - nós só vamos dominá-las, se as realizarmos repetidamente. O mesmo vale para você que está buscando uma promoção na multinacional que faz carreira, ou para você que está abrindo o seu próprio négocio. Você não precisa necessariamente amar a sua rotina, mas é preciso ter claro os motivos pelos quais esta foi implementada em primeiro lugar, para não nos perdermos pelo caminho sem motivação, como frequentemente acontecia com Forrest Gump.

É como vislumbrar o horizontel além das paredes de tijolos à sua frente. Ontem, 21/09/14, a seleção brasileira de vôlei não conseguiu o batalhado tetra mundial consecutivo. Apesar disso, este grupo da chamada era Bernardinho que iniciou-se em 2001, tornou-se a seleção de vôlei mais forte de todos os tempos, conqusitou uma infinidade de títulos e ocupa hoje o primeiro lugar do ranking da FIVB. Como eles conseguiram? Só disciplina e dedicação à rotina massante de treinos não seria suficiente para manter um comprometimento tão duradouro. O técnico e cada um dos jogadores tem a sua aspiração individual e, juntos, tem os maiores sonhos esportivos que um time pode ter. Foi uma prata amarga, a do mundial da Polônia que decidiu-se ontem, mas longe de ser uma derrota. A seleção brasileira já conquistou os sonhos mais loucos que uma mesma equipe poderia pleitear, e assim mesmo, apesar de todos os quase-títulos dos últimos 4 anos, continuam tentando, pois todos sabem bem as suas reais motivações. No caso de Forrest Gump, esta motivação inabalável só era encontrada em sua busca e amor incondicionais por Jenny, sua queridinha do colégio.

Para ser uma pessoa constante, ter sucesso em suas empreitadas e alcançar satisfação pessoal, é preciso encontrar o equílbrio das queridinhas presentes em sua vida. Não se preocupe se a rotina não é a sua melhor amiga: lembre-se de fazer dela sua parceira e de visitar sua amante, a motivação, todos os dias. Uma rotina produtiva é o fator resultante entre objetivos claros, repetição ordenada e motivações fortes. Quando sentir-se como Forrest Gump jogando na seleção brasileira de vôlei, estarás no caminho certo.