O Marcos já compartilhou a nossa experiência sensorial do programa de sucos. A ideia do programa de três dias de detox que fizemos foi inspirado na experiência de um casal de amigos. Eles decidiram mudar os hábitos alimentares para ter uma melhoria no estilo de vida. Fizeram o mesmo detox que experimentamos durante três dias e depois disto balancearam a alimentação até hoje, dois meses depois, entre sucos e alimentos sólidos. O que nos chamou mais atenção na experiência deles foi a perceptível mudança no apetite. O paladar ficou mais aguçado e as escolhas mais seletivas. Ficamos curiosos. Eles por sua vez se inspiraram em um documentário que assistiram, conhecido como Fat, Sick and Nearly Dead. Um obeso que passa sessenta dias tomando sucos para se alimentar melhor, perder peso e recomeçar uma vida para o corpo. Pesquisamos um pouco mais a fundo, escolhemos três dias que se encaixariam bem em nossas rotinas, montamos o cardápio e fomos ao mercado. De preferência deve-se optar por frutas e vegetais orgânicos. No caminho para casa pegamos emprestada uma centrífuga da mãe do Marcos para seguir o programa ao pé da letra.

O “3 day quick start reboot” (um rápido recomeço de três dias) do Joe:

Os dias sempre começam com um copo (250ml) de água morna com limão e gengibre opcional.
Durante o dia é recomendada a ingestão de muita água para manter o corpo bem hidratado e não exagerar nas atividades físicas, pois ele precisa de energia para processar as novas informações. No site do programa existem opções para cada refeição e substituição de ingredientes. Vale a pena dar uma olhada na lista para entender as similaridades dos alimentos e aos poucos fazer suas próprias composições.

Montamos os nossos dias assim:

dia 01:

7h
carrot-apple-lemon
(serve duas porções de aproximadamente 500ml para cada)
4 maçãs
4 cenouras
2 limões

ao longo da manhã, um copo de água de coco.

12h-13h
garden variety
(duas porções)
4 maçãs
4 pepinos
16 folhas de couve (colocamos um pouco menos, pois as nossas folhas são maiores do que as americanas)
2 mãos cheias de salsa

15h-16h
australian gold
(uma porção)
½ abacaxi médio
1 pimentão amarelo
1 limão
2.5cm de gengibre fresco

19h-20h
green lemonade
(duas porções)
2 maçãs
4 mãos cheias de espinafre
16 folhas de couve
1 pepino
4 talos de salsão (aipo)
2 limões

22h30
just beet it
(uma porção)
2 beterrabas (pequenas)
2 peras
1 pepino
2.5cm de gengibre fresco

dia 02:

7h
peach or pear pie
(uma porção)
1 batata doce (crua)
2 pêssegos maduros (ou, se não for a época, duas peras podem substituir)
1 maçã
1 1/3 copos (aproximadamente 150g) de bullereis
uma pitada de canela

água de coco durante a manhã.

12h
green lemonade
(duas porções)
2 maçãs
4 mãos cheias de espinafre
16 folhas de couve
1 pepino
4 talos de salsão (aipo)
2 limões

15h-16h
mexi cali
(uma porção)
2/3 de um abacaxi médio
1 maçã verde
1 lima
½ jalapeño
1 mão pequena de coentro (substituimos por salsa)

19h-20h
joes mean green
(duas porções)
16 folhas de couve
2 pepinos
8 talos de salsão (aipo)
4 maçãs
1 limão
5cm de gengibre fresco

dia 03:

7h
un beet able
(duas porções)
2 beterrabas
6 cenouras
2 maçãs
15 folhas de couve
5cm de gengibre fresco

água de coco

12h-13h
joes mean green
(duas porções)
16 folhas de couve
2 pepinos
8 talos de salsão (aipo)
4 maçãs
1 limão

15h-16h
australian gold
(uma porção)
½ abacaxi médio
1 pimentão amarelo
1 limão
2.5cm de gengibre fresco

20h
sopa de abóbora com gengibre
e biscoitos de arroz sem glúten.

O quarto dia levamos uma alimentação ainda mais leve do que de costume, para que o corpo se acostumasse aos alimentos mais sólidos.